Veganismo – prós e contras 

Muitos ainda não sabem, mas ser adepto ao veganismo não significa apenas mudar os hábitos da alimentação, mas também ser adepto a um novo estilo de vida que não inclua alimentos ou produtos de origem animal.

O termo veganismo teve a sua origem na Inglaterra onde foi criado no século 40 por Donald Watson juntamente com um grupo pequeno de pessoas que formavam a Sociedade de Vegetarianos, tendo como principal objetivo a redefinição dos seus estilos de vida.      

Dessa forma, ser adepto a uma dieta vegana é realizar uma restrição alimentar muito maior do que a dieta vegetariana, pois é necessário escolher corretamente os alimentos que tenham todos os nutrientes que sejam capazes de suprir as restrições dos alimentos de origem animal.

Conheça mais sobre o veganismo e os seus prós e contras

Prós e contras do veganismo

Imagem de Pixabay

A alimentação no veganismo geralmente é baseada em alimentos, como legumes, cereais, frutas, hortaliças, entre muitos outros produtos que não sejam industrializados ou de origem animal. Assim, essas restrições não irão tornar a alimentação menos rica, no entanto é importante realizar a substituição adequada dos nutrientes.

A dieta vegana antes era associada a diversos religiosos, ativistas e defensores de direitos animais, onde tais pessoas sempre buscavam ter uma vida saudável ou até mesmo como forma de dieta para perder peso. Atualmente, o veganismo é seguido por milhares de pessoas, tanto para alcançar o emagrecimento como para acabar com a exploração animal.

Além disso, a dieta vegana é bastante realizada na intenção de prevenir algumas doenças da atualidade, como a colesterol, hipertensão, diabetes, infarto, câncer, obesidade, entre muitas outras. Assim, não comer alimentos que sejam de origem animal e seus derivados pode ajudar na redução das gorduras saturadas e do colesterol.

No entanto, é extremamente importante que haja um acompanhamento médico, pois deixar de comer carne por conta própria pode acabar ocasionando na redução de alguns nutrientes para o organismo, como o ferro, vitamina B12 e proteínas, o que pode ocasionar em anemia e perda de massa muscular.

Dessa forma, os nutricionistas recomendam que para ser adepto ao veganismo é necessário que haja um acompanhamento adequado, pois assim será possível avaliar quais são as prováveis deficiências de nutrientes, e consequentemente seja recomendado alguns alimentos e suplementos importantes para tal reposição.

Prós do veganismo

prós do veganismo
Imagem de Zichrini por Pixabay

É fato que qualquer escolha que fazemos em nossas vidas haja algumas consequências que podem ser benéficas para a saúde e que irão fazer total diferença. Assim, aquelas pessoas que aderem ao estilo de vida vegano também são capazes de aproveitar de inúmeros benefícios para a saúde, como:

  1. O veganismo garante que haja uma diminuição nas chances de aquisição de algumas doenças, pois muitas doenças são normalmente associadas a uma má alimentação, principalmente as doenças cardiovasculares.

Geralmente isso ocorre quando um indivíduo consome alimentos que são extremamente gordurosos, como as carnes mais gordas e os produtos que possuem teor calórico elevado, como os industrializados.

Além disso, o estilo de vida vegano faz com que haja uma diminuição no aparecimento de doenças como o câncer que muitas vezes está associado aos alimentos que apresentam muita carga hormonal, além dos produtos industrializados que possuem muitos corantes, sódio e outras substâncias químicas.

  • A dieta vegana é considera por inúmeros profissionais como altamente correta quando se leva em conta o ponto de vista ético, pois pensando por esse lado atualmente é muito importante ter os devidos cuidados com o mundo.

 Assim, o estilo de vida vegano é considerado totalmente correto, pois evita que haja a exploração de animais, onde os veganistas procuram somente alimentos de origem vegetal.

Contras do veganismo

comida vegana
Imagem de Mittmac por Pixabay

Pode-se dizer que existem alguns fatores que são contra esse tipo de estilo de vida, onde vale a pena destacar que alguns alimentos que o vegano se alimenta apesar de possuir todos os tipos de vitaminas e proteínas necessárias para o bom funcionamento do organismo, alguns compostos existem alimentos específicos e em pouca quantidade, como é a situação da vitamina B12 e do ferro que geralmente são mais encontrados nas carnes.

Dessa forma, para que isso não seja um problema, é importante que você saiba exatamente onde encontrar esses compostos alimentares e faça uma boa combinação dos alimentos para garantir ao seu organismo todas as propriedades necessárias para um bom funcionamento.

Além disso, é importante destacar ainda que aquelas pessoas que se tornam adeptas ao estilo de vida vegana necessitam sempre comer em maiores quantidades para que seja possível absorver melhor todos os nutrientes dos alimentos.

Portanto, apesar do veganismo apresentar seus prós e contras, é muito importante que as pessoas entendam que esse estilo de vida pode garantir diversos benefícios para o organismo, no entanto é extremamente importante que as substituições nutritivas sejam realizadas adequadamente para que não haja qualquer carência dos nutrientes.